Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Hortênsias em paisagismo: descubra seus segredos!

Autor: Regina Motta - Data: 05/12/2016
RSS

Estas belas e delicadas plantas, pertencentes ao gênero Hydrangea, são originárias da China e do Japão e são capazes de atingir até 2,5m de altura.

Na Serra Gaúcha ou Região das Hortênsias, destaca-se a H. macrophylla, que são caracterizadas por suas inflorescências exuberantes, grandes, densas e numerosas, são utilizadas com frequência na composição de jardins e parques e como flores de vaso na decoração de ambientes. Além disso, apresentam uma gama natural de cores, que variam do branco a tons de azul, púrpura, rosa e vermelho.


File:Hortensia-1.jpg

Como o solo brasileiro é naturalmente acidificado, o azul é a cor que prevalece na hortênsia plantada no país. O melhor desenvolvimento se dá em solos férteis, bem irrigados e, ao mesmo tempo, com boa drenagem e dotado de elevado nível de matéria orgânica.

A sua produção comercial, que ocorre principalmente em São Paulo, é realizada mediante estacas a partir da ponta de ramos, podados com 8 a 10cm de comprimento, sendo cultivadas em local protegido até o seu completo enraizamento.



Flower of a Hydrangea macrophylla author Alvesgaspar



A estaquia pode ser realizada diretamente no solo, em substratos comerciais ou em caixas de areia, mas sempre priorizando uma boa aeração e umidade dos mesmos. O período de enraizamento pode variar de 20 a 40 dias após os ramos serem acondicionados em substrato adequado. Após este período, as mudas podem ser transplantadas para vasos ou local definitivo de cultivo, exigindo irrigação periódica até o pleno estabelecimento

Apesar de se desenvolver preferencialmente em solos com elevada fertilidade e altos teores de matéria orgânica, também pode ser cultivada em encostas e a beira de ruas e estradas, protegendo e embelezando essas áreas
É muito importante a realização de podas a fim de produzir plantas mais compactas e com elevado número de inflorescências, deixando as mesmas ainda mais atraentes.


ajisai wikimedia
Ajisai - a flor do verão no Japão

Cuidados fitossanitários

Elas não são muito atacadas por pragas e moléstias, mas alguns cuidados fitossanitários devem ser observados no cultivo dessa ornamental, em especial na obtenção das mudas, momento em que fungos presentes em solo ou substratos contaminados podem infectar e causar a baixa pega de estacas.
O oídio e o mofo cinzento atacam mais na fase adulta, além do tripes e o ácaro rajado são as principais espécies incidentes na cultura, sendo controlados por inseticidas e acaricidas, respectivamente, aplicados de forma curativa

Por que as hortênsias mudam de cor?


Elas podem facilmente mudar de vermelho para azul, dependendo do manejo adotado e das condições de cultivo. No entanto, todas as cores são desenvolvidas a partir de um único pigmento principal, uma antocianina nomeada delfinidina 3-glicosídeo. O conteúdo deste pigmento em sépalas é responsável pela tonalidade das inflorescências, ou seja, quanto maior a quantidade deste, mais intensa é a coloração.

A alcalinidade do solo é a responsável pela variação das cores:
- Com pH próximo ou superior a 6,5, produzem inflorescências de sépalas róseo avermelhadas
- Com pH abaixo de 5,5, manifestam a coloração azul


wikimedia

Dicas para cultivar hortênsias:

PLANTIO A cova deve ser grande, com no mínimo 50 x 50 x 50 centímetros, pois as plantas ficarão no terreno por cerca de oitos anos ou mais. Prepare a cova com adubação química e orgânica indicada pela análise do solo. É importante contar com a orientação de um engenheiro agrônomo.

CUIDADOS Ao terminar a floração, faça poda drástica do ramo que floresceu. Corte-o a 10 centímetros do solo, para que a planta emita novas brotações e cachos florais de bom tamanho. Podas mais altas (a 30 centímetros do solo) são recomendadas quando a intenção é obter mais quantidade de brotos e de cachos. As regas devem ser bem fracionadas e distribuídas de quatro a seis vezes por dia em produções comerciais de vasos e em menor frequência em produções de corte. Apesar do controle fácil, pragas e doenças necessitam de monitoramento.

PRODUÇÃO A floração da hortênsia ocorre cerca de sete meses após o plantio. Cada variedade, no entanto, pode apresentar um período diferente entre o início do cultivo e o momento em que a flor pode ser colhida.


COLORAÇÃO: A manipulação da coloração é baseada em práticas de manejo. Por exemplo, se o objetivo é obter hortênsias de coloração rósea a poda dos arbustos, com a eliminação do maior número de folhas, tem por finalidade eliminar o Al+3 que está acumulado nos tecidos. Por sua vez, a manutenção da alcalinidade do solo ou próximo a isso deve ser realizada com calagem, impedindo que esse metal seja disponibilizado e absorvido pela planta. No entanto, em casos de solos ácidos com disponibilidade de alumínio, mesmo realizando a poda e tendo adquirido uma muda com a cor rosa, as inflorescências irão adquirir, com o passar do tempo, a cor azulada.


wikimedia

E O SEGREDO?

O segredo das das hortênsias é que não existem hortênsias de várias cores, mas sim, plantas que adquirem cores variadas de acordo com o seu modo de cultivo. Sendo assim, a manipulação da cor das flores das hortênsias, de tons de azul ao avermelhado, pode ser realizada pelo próprio produtor ou jardineiro, a partir da alteração do solo de cultivo ou do pH do mesmo.

Ainda nesse sentido, é possível a obtenção de um jardim com hortênsias de cores variadas, tendo como origem mudas de estacas de apenas uma única planta, não gerando custos adicionais na obtenção de mudas variadas.


wikimedia


wikimedia

Figura 1. Flores de hortênsias cultivadas em pH?4,0 (Maior teor de delfinidina 3-glicosídeo).


wikimedia

Figura 2. Flores de hortênsias cultivadas em pH?3,0 (pH extremamente ácido).




Fontes: http://www.grupocultivar.com.br/artigos/o-segredo-das-hortensias-hydrangea-macrophylla

http://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/como-plantar/noticia/2013/12/como-plantar-hortensia.html

Você gostará também:

Arranjos e Artesanato com resíduos da Natureza: Vergéis pênseis com bromélias

O Pau de Jangada - útil e diferente

Jardim Botânico de Salvador, pouco conhecido e ameaçado

Uma horta ambulante pelas ruas de Londres: Hortum Machina

Plantas ornamentais: Orquídea Cattleya - Grupo I


Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  


Curso de Marketing Digital para Paisagismo
Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!