Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Jardins Botânicos: garantia de salvação para as plantas ameaçadas

Autor: Regina Motta - Data: 17/10/2017
RSS


Estudo realizado pela Nature Plants revela que os jardins botânicos do mundo são a melhor esperança para salvar as espécies de plantas ameaçadas. Contêm um terço de todas as plantas conhecidas e ajudam a conservar 41% das espécies em perigo.
Foram analisadas mais de 100.000 espécies e representam, pelo menos, 30% de todas as espécies de plantas conhecidas. Incluindo 41% de todas as espécies classificadas como ameaçadas.


Jardim Botânico de Brasília

Paul Smith, secretário-geral da organização Botanic Gardens Conservation International disse que a é a primeira vez que foi feita uma avaliação global para analisar as plantas que crescem, que são cuidadas e conservadas nos jardins botânicos.


Prado. Foto: Cambridge University Botanic Garden

Foram avaliados 1116 Jardins Botânicos de todo o planeta, fazendo um cruzamento com as espécies já conhecidas no mundo: atualmente 350.699 espécies. Verificou-se que há muitas lacunas nas coleções botânicas dos Jardins, eles têm 60% das espécies de plantas das regiões temperadas e apenas 25% de espécies tropicais. Isto apesar de a maioria das espécies ser tropical.


Jardim Botânico Fairchild, Florida (EUA). Foto: BGCI

Também averiguou-se que as plantas mais antigas como os musgos e as hepáticas também estão sub-representadas. Nestas plantas estão os momentos chaves da evolução da vida na Terra e elas são essenciais para compreendermos a evolução das plantas.


Hydrostachys polymorphs. Foto: David Gwynne Evans

Eles acreditam que as plantas que não existem nos jardins botânicos são, muitas vezes, mais interessantes do que aquelas que lá são cultivadas. Dão o exemplo da planta aquática africana Hydrostachys polymorpha, que só cresce nos rios com caudal rápido e quedas de água, ou da pequena planta parasita Pilostyles thurberi - com apenas alguns milímetros, vive completamente dentro dos arbustos do deserto.


Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Os jardins botânicos protegem uma impressionante diversidade de plantas nas coleções, mas apenas 10% das espécies ameaçadas de extinção estão presentes . Os jardins botânicos poderiam fazer mais para preservar algumas das plantas mais vulneráveis do planeta.


Kew Garden Londres

Cerca de 500 milhões de pessoas visitam jardins botânicos por ano. Além de serem uma atração popular para os visitantes, são um centro de educação, aprendizagem e trabalho de investigação e conservação.


Kew Garden Londres

O estudo conclui afirmando: Se não conservarmos a nossa diversidade de plantas, a humanidade vai ter problemas para resolver os desafios mundiais da alimentação, combustíveis, degradação ambiental e alterações climáticas.


Jardim Botânico Singapura


Jardim Botânico Curitiba

Fonte: https://www.nature.com/nplants/

Você gostará também:

O Jardim Botânico de Awaji, Japão

The Royal Botanic Gardens, Kew , patrimônio mundial pela UNESCO

Paisagismo: complexo de Inhotim - Jardim Botânico e Museu Contemporâneo

10 jardins para visitar antes de morrer

Paisagismo: Os jardins secretos de Mônaco

Jardim Botânico de Salvador, pouco conhecido e ameaçado

Jardins fantásticos: Jardins de Monet em Giverny







Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar



Destaque-se no mercado de paisagismo
7 Visões
Programas de Computador para Paisagistas


Cadastre-se Grátis