Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Sustentabilidade: o caminho é a natureza ou a tecnologia? Projeto Venus

Autor: Regina Motta - Data: 21/05/2010
RSS

Na busca por novas alternativas para o Planeta Terra que mostra continuamente que está à beira de um colapso se não agirmos rapidamente, vários caminhos se abrem, os pensadores e ativistas encontram diversas saídas, algumas de retorno à simplicidade e às lições da natureza como mencionamos em Aprendendo com a natureza: Permacultura
e outros avançam para o futuro, aliam-se à tecnologia para projetar um mundo sustentável e mais feliz. Nesta vertente, já publicamos aqui o Agricultura Urbana -um sonho possível? Dragonfly.

São várias as propostas, cada qual com suas justificativas e utopias - alguma delas poderá ser a nossa escolha - mas o que não se admite é que continuemos sempre pelos mesmos caminhos, reclamando e constatando o caos sem nos movermos para novos estilos de viver.



Dentro da visão tecnológica para o futuro sustentável, tomei conhecimento do PROJETO VENUS - que vem sendo desenvolvido na Florida, USA, por Jacque Fresco. O Projeto Vênus está, em parte, associado ao movimento Zeitgeist (do alemão "espírito do tempo"), cuja obra culminou na edição de dois filmes, ambos refletindo a visão de Peter Joseph sobre o clima intelectual e cultural da nossa época. Ambos estão disponíveis gratuitamente na internet, legendados em português. O primeiro chama-se Zeitgeist: The Movie ("Zeitgeist: O Filme") e o segundo Zeitgeist: Addendum. Neste segundo filme Peter Joseph introduz o Projeto Vênus. De salientar que ambos ganharam, nos respectivos anos de lançamento, a saber: 2007 e 2008, os prêmios de melhor filme no Artivist Film Festival, em Hollywood.

O Projeto Vênus propõe uma nova abordagem - que é dedicada aos interesses humanos e ambientais. É uma visão possível de um futuro melhor e mais brilhante, que é adequada aos tempos em que vivemos, e práticas viáveis para um futuro positivo para todos os povos do mundo.
O Projeto Vênus requer uma abordagem direta para o redesenho de uma cultura, em que as insuficiências de velhice, de guerra, a pobreza, a fome, a dívida, a degradação ambiental e do sofrimento humano desnecessário são vistos não só como evitáveis, mas totalmente inaceitáveis.

Uma de suas premissas básicas é trabalhar para ter todos os recursos da Terra, como o patrimônio comum dos povos de todo o mundo. Qualquer coisa menos resultará apenas em uma continuação do mesmo catálogo de problemas inerentes ao sistema atual.

O conceito-base aparenta uma certa simplicidade: de acordo com Jacque Fresco, a economia baseada no lucro (o atual sistema monetário) gera escassez, pobreza, crime, corrupção e guerra. Impede também o saudável desenvolvimento da tecnologia, que deveria ser utilizada para benefício da sociedade e não em prol da poluição, da construção de armas, da massificação do consumo, da alienação, entre outros. Ou seja, se a tecnologia fosse utilizada fora do âmbito do lucro, sobraria espaço para uma maior abundância e distribuição de recursos, o que, consequentemente, se repercutiria numa drástica diminuição da corrupção, da ganância e egoísmo que caracterizam as sociedades desenvolvidas contemporâneas. Tudo isto em prol de uma atitude de cooperação.



Além da filosofia do projeto, há também a parte concreta, com o estudo das estruturas feitas de Metal-Memória que podem ser comprimidas em pequenos cubos para serem transportados normalmente para cidades construídas no mar, e aí expandir para a estrutura previamente construída. Quase instantaneamente veríamos um prédio emergir a partir de um pequeno cubo deste peculiar material, quase que por magia, sem truques.



cidade construida no mar

É um projeto tão complexo e utópico que merece um estudo mais aprofundado por quem se interessar. Aqui estamos dando apenas uma notícia breve e mostrando alguns protótipos futuristas que têm sido feitos pelo Projeto Venus.
Toda mudança e crescimento humano foi gerada por Utopias que pareciam, quando pensadas e divulgadas, impossíveis de serem concretizadas: Atribui-se a George Bernard Shaw esta conhecidíssima frase que pode sintetizar a utopia de Jacque Fresco: "Alguns homens vêem as coisas como são e perguntam: "Porquê?" Eu sonho com as coisas que nunca existiram e pergunto: Porque não?".
A questão principal é: Qual será nosso caminho? Que faremos de concreto para mudarmos a situação de nosso planeta que pede socorro?

Conte para nós a sua opinião, a sua escolha!


Leia também:

Agricultura Urbana -um sonho possível? Dragonfly


Aprendendo com a natureza: Permacultura

Fontes:
http://www.thevenusproject.com/
http://obviousmag.org/linkrchives/2010/05/projeto_venus_-_redesenhando_o_futuro.html#ixzz0n4X7yE2A



Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

26/05/2010

Olá Manoel, como vc mesmo disse "É um projeto tão complexo e utópico que merece um estudo mais aprofundado por quem se interessar. Aqui estamos dando apenas uma notícia breve e mostrando alguns protótipos futuristas que têm sido feitos pelo Projeto Venus."
Eu mesma procurarei pesquisar nessas soluções utópicas, qual foi a concepção concreta para sistema de captação de esgoto e seu tratamento, ou suas formas e vias de locomoções de humanos, etc. Tomara que eu encontre.
É interessante o artigo e creio que todos que gostam do assunto devem dar mais atenção para essas criações. E vc foi nosso veículo de informação. Grata.
Apenas mais uma observação particular....o que não gosto de soluções futuristas, ou melhor, por exemplo em filmes de ficção científica, é que: eles nunca possuem matas e animais, ou seja, a flora e a fauna.
Ida Terron
arquiteta e urbanista
paisagista
Nas
Quatro Estações
Formas, Texturas, Cores, Aromas e Sabores no seu jardim.

24/05/2010

Tudo de Bom


Conteúdo gratuito para paisagistas inscreva-se no canal da AuE Software!
7 Visões
Mostre seus produtos para o público certo!


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!