Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Mata Atlântica - Reserva da Biosfera

Autor: Regina Motta - Data: 05/01/2010
RSS

Em 1971 a UNESCO criou o programa "O homem e a biosfera",(Man and Biosfhere) voltado para a preservação de porções de ecossistemas terrestres e costeiros, com um plano especial de gestão e manejo sustentável.

É um modelo de gestão integrada, participativa e sustentável dos recursos naturais, para áreas públicas e privadas, que tem como objetivos a preservação da biodiversidade, o desenvolvimento sustentável e a pesquisa científica.

Uma área considerada Reserva da Biosfera é constituída por uma ou várias zonas-núcleo, destinadas à proteção integral da natureza, onde existem os exemplos mais significativos dos remanescentes naturais, em seu estado original ou quase sem alteração.
Nessas áreas são incentivadas atividades de pesquisa voltadas para a conservação ambiental.

Além da zona-núcleo, existem uma ou várias zonas de amortecimento, onde só são admitidas atividades que não resultem em danos para as zonas-núcleo.

Uma terceira zona, ou zonas, envolvem as outras duas, considerada zonas de transição, sem limites rígidos, onde o processo de ocupação e o manejo dos recursos naturais são planejados e conduzidos de modo participativo e com bases sustentáveis. São as áreas mais externas da Reserva.

As Reservas no mundo

Existem algo em torno de 400 Reservas da Biosfera distribuidas em 81 países.
No Brasil, além da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, temos as da Amazônia Central, Caatinga, Cerrado e Pantanal.

A Reserva da Mata Atlântica foi a primeira reconhecida pela UNESCO no Brasil, em 1991. Abrange uma área de 29 milhões de hectares, desde o Ceará até o Rio Grande do Sul.
O sistema de gestão tem um papel muito importante junto à população local e a sociedade porque atua como conciliador de interesses - ambientais e humanos - planejando e coordenando as atividades em sua área de domínio. O envolvimento da população é essencial para se alcançar a conservação dos recursos naturais e o desenvolvimento sustentável.

Do Bioma original da Mata Atlântica, quando da chegada dos europeus, restam apenas 7%, mas o valor do que resta é realmente singular, pelo número de espécies e demais riquezas naturais que abriga. Seus remanescentes florestais representam o último reduto de uma biodiversidade específica, de espécies endêmicas que, se perdidas, serão irrecuperáveis.

Algumas espécies características da Mata AtLântica, usadas largamente em paisagismo:


Alguns números sobre a Mata Atlântica:

Abriga 1,6 milhão de espécies animais, incluindo insetos.

Abriga mais de 20 mil espécies de plantas, das quais 50% são endêmicas, é a floresta mais rica do mundo em árvores por unidade de área. Comparada à Floresta Amazônica apresenta, proporcionalmente, maior diversidade biológica.No caso dos mamíferos, por exemplo, estão catalogadas 218 espécies na Mata Atlântica, contra 353 na Amazônia, apesar desta ser quatro vezes maior.

Cerca de 120 milhões de brasileiros vivem na área de domínio do Bioma Mata Atlântica.

Somente nos últimos 30 anos, com o surgimento e crescimento do movimento ecologista, começa uma lenta mudança de consciência do povo brasileiro em relação ao meio ambiente. A Rede de ONGs da Mata Atlântica, criada durante a ECO/92 vem se empenhando em congregar instituições públicas, privadas e todos os cidadãos brasileiros na campanha MATA ATLÂNTICA - TERCEIRO MILÊNIO - DESMATAMENTO ZERO.

Várias entidades também se movem no sentido de regenerar ou recuperar as florestas secundárias atingidas, além de projetos de enriquecimento destas florestas.

É um desafio que certamente vale a pena ser tentado: não só pela riqueza encontrada na Mata Atlântica mas, principalmente, pela oportunidade de mostrar que, se houver vontade, tudo é possível! Conservá-la e recuperá-la é respeitar a vida e provar que é possível defender um Bem Maior.

O Parque Nacional do Caparaó, que fica entre os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, faz parte da Reserva da Mata Atlântica. Nele se encontra o Pico da Bandeira com 2892m, considerado, por muito tempo, como o mais alto do Brasil. Hoje, sabe-se que é o terceiro maior.
Veja fotos:











Parque Estadual Pedra Azul - ES





Para mais informações você pode consultar o
http://www.sosmataatlantica.org.br

Leia também:

Biomas Brasileiros e Paisagismo

Pegadas ecológicas

E você, o que já está fazendo para colaborar com o planeta?

Bioma Pampa e Projeto Agroppampa

Faça algo todo dia

Paraíso Ecológico Ameaçado

A natureza está meio louca

Plantas ficam diabéticas e obesas




Fonte: A Mata Atlântica e Você
Como preservar, recuperar e se beneficiar da mais ameaçada floresta brasileira - Schaffer, Wilgold B e Prochnow, Miriam - organizadores . Ed. Apremavi






Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

30/04/2010

Você tem razão, Verena, precisamos fazer, cada um de nós a nossa parte, pelo menos divulgando a necessidade de preservação, não acha?

29/04/2010

ótima matéria!!! realmente importante preservar apenas os 7% da nossa belíssima Mata Atlântica. Encantadora durante as caminhadas, ar puro, belíssimas flores e árvores, tons de verde dos mais variados, pássaros...
Nossa!!! e os banhos de rio refrescante!! e tem o mar, as montanhas, vamos preservar!!!!!!!


Conteúdo gratuito para paisagistas inscreva-se no canal da AuE Software!
7 Visões
Mostre seus produtos para o público certo!


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!