Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Horóscopo Floral: Signo Íris ou Flor-de-Lis

Autor: Regina Motta - Data: 11/11/2009
RSS

As flores que embelezam os jardins sempre encantaram a humanidade, sendo usadas como símbolos esotéricos e místicos.

A flor-de-lis, símbolo do escotismo,desperta muita controvérsia: Qual seria seria a verdadeira planta, popularmente batizada com este nome?


Algumas referências afirmam que a planta chamada íris é a verdadeira flor-de-lis.




Outras referências sugerem que a flor-de-lis é uma espécie de lírio. Os espanhóis traduzem fleur-de-lis como flor del lírio (flor-de-lírio) e, neste caso, defende-se o lírio - e não uma íris - como a verdadeira flor-de-lis. Há uma lenda que ajuda a reforçar esta idéia, contando que um anjo teria ofertado um lírio a Clóvis, rei dos Francos, em 496 d.C., quando este se converteu ao Cristianismo.



Uma terceira hipótese diz que trata-se da Sprekelia formosissima, uma representante da família das Amarilidáceas, originária do México e da Guatemala. Conhecida em outros idiomas como lírio-asteca, lírio-de-Saint-James (St. James lily), lírio-de-saint-Jacques (Lis de Saint-Jacques) a Sprekelia formosíssima é a única espécie do gênero.

Sabe-se que a imagem da flor-de-lis foi usada nas armas da França em 496. O desenho da flor era colocado no manto de reis na época pré-Cruzadas, nas bandeiras e, ainda hoje, em vários brasões de municípios franceses.
No ano de 1125, a bandeira da França apresentava o seu campo semeado de flores-de-lis, o mesmo acontecendo com o seu brasão de armas até o reinado de Carlos V (1364), quando passaram a figurar apenas três, possivelmente como emblema para honrar a Santíssima Trindade.

Diz a História que a flor-de-lis começou a ser utilizada como símbolo no reinado de Luiz VII, o Jovem (1147) que teria sido o primeiro dos reis da França a servir-se desse desenho para selar suas cartas-patentes,em alusão ao seu nome Luiz que, na época, se escrevia Loys. Seus sucessores conservaram a flor-de-lis como atributo real e o mesmo fizeram seus descendentes.

Informações sobre as duas espécies mais conhecidas como flor-de-lis:

Nome Científico: Sprekelia formosissima
Nomes Populares: flor-de-lis, lírio-asteca, lírio de St. James, Jacobean lily, Lis de Saint-Jacques, Croix de Saint-Jacques
Família: Amarilidáceas
Origem: México e Guatemala
Características: Planta bulbosa, produz flores de cor vermelho-brilhante e folhas laminares que aparecem depois das flores.
Reprodução: Divisão de bulbos, durante o período de repouso
Luminosidade: sol pleno
Solo: Arenoso. Em vasos e canteiros, a mistura de solo ideal é a arenosa - 1 parte de terra vegetal, 1 parte de terra comum de jardim e 2 partes de areia.
Regas: Espaçadas no início do período vegetativo, intensificando para dias alternados até depois da floração, quando deve-se voltar a espaçar as regas. Recomenda-se evitar o excesso de água, pois pode provocar o apodrecimento do bulbos e o surgimento de doenças fúngicas.


Nome científico: Iris germanica
Nomes populares:
Íris , Íris-de-barbados , Flor-de-lis.
Código: IRGE.
Tipo: Planta (Tipo: Herbácea Herbácea).
Família: Iridaceae.
Altura: 0,6 m.
Diâmetro: 0,6 m.
Ambiente: Pleno Sol.
Solo: Fértil.
Clima: Tropical de altitude, Subtropical, Temperado.
Origem: Europa.
Época de Floração: Primavera, Verão.
Propagação: Divisão da planta ou touceira.
Persistência das folhas: Permanente.

Lições da Atlântida : Seres humanos são flores o signo da Íris ou Flor-de-Liz corresponde aos nativos de 8 de novembro a 12 de dezembro.

Características do signo:

Algumas informações sobre este signo já foram citadas em Seres humanos são flores - Parte 2 e em
Seres humanos são flores - Final mas podemos acrescentar um pouco mais ao que já foi dito:
Tal como o nativo do Falando de flores: Lírio também o de Íris está destinado à liderança e ao poder. Na maioria das vezes, desde a infância, o nativo típico de Íris já demonstra que nasceu para cumprir um destino excepcional!
No início, ele tem apenas uma sensação de ser um tanto diferente das pessoas de seu convívio. Isto o deixa em uma sensação de ambiguidade: quer escapar e, ao mesmo tempo, quer pertencer a um grande grupo de pessoas onde fosse o centro das atenções.
O mais interessante é que ele sempre dá a impressão de ser uma pessoa acessível, repleta de humor e até mesmo sedutora, quando, na realidade, ninguém tem acesso ao seu íntimo. Seu desejo de liberdade e uma certa inflexibilidade impedem que este ser humano se revele totalmente às outras pessoas.
Seu desejo de liberdade o leva a não se entregar totalmente ao parceiro, pois teme perder sua individualidade e identidade, decorrendo daí brigas dolorosas.
A primeira missão dos nativos de Íris consiste em assumir seu lugar ao sol na vida social e em partilhar suas idéias e conceitos com os demais seres humanos.
São trabalhadores, impulsivos, autoconscientes e habilidosos no trato com outras pessoas. Abertos, generosos e calorosos, desde que não tentem fazer com que desistam de seu misterioso alheamento.

Eles se dão bem principalmente com os nativos de
Falando de flores: Orquídea, hisbisco, narciso, esporeira

Lema para o amor

Na vida a dois estes nativos gostam de dar a tônica do relacionamento, no que por vezes se excedem. A recomendação é que ele deve deixar o outro se manifestar, sem obrigá-lo o tempo todo a concordar com suas opiniões.

Lema para o sucesso

Para se tornar imbatível o nativo de Íris precisa ouvir sua voz interior da intuição, pois já tem seu objetivo muito bem definido, é organizado e capaz de planejamento.

Se você quer saber mais sobre os outros signos já publicados, leia as indicações abaixo e aguarde os próximo para descobrir um pouco das tradições dos lendários atlantes e e como as flores podem influenciar nossas vidas, ainda que seja uma bela brincadeira.

Fonte:As flores revelam seu destino - Rabinovitz, Natalya e Lupo da Pipa

Falando de flores: Dedaleira ou digitalis

Falando de flores: Crisantemo

Falando de flores: Rosa

Falando de flores: Papoula

Falando de flores: Lírio

Falando de flores: Orquídea

Falando de flores: Violeta

Seres humanos são flores - Final

Seres humanos são flores - Parte 2

Lições da Atlântida : Seres humanos são flores





Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

12/11/2009 23:00:00

Todo mês tem um signo correspondente, aguarde o seu, vai valer à pena!

11/11/2009 23:00:00

Quando irá sair o próximo? Estou aguardando o meu signo!


Conteúdo gratuito para paisagistas inscreva-se no canal da AuE Software!
7 Visões
Mostre seus produtos para o público certo!


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!