Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Jardinagem e cultivo de plantas em viagens espaciais!

Autor: Regina Motta - Data: 05/08/2013
RSS

Especialistas de diversas áreas se unem para planejar uma viagem espacial tripulada a Marte onde as opções de alimentação e de água sejam produzidas pelos astronautas. Parece ficção científica, mas já se aproxima da realidade.



Desafio de fazer longas viagens tripuladas, que não dariam possibilidade de reabastecimento da nave a partir da Terra, leva especialistas a buscarem alternativas para a obtenção de água, alimentos e oxigênio.
O tempo longo da viagem, por conta do excesso de peso, pode não ser possível transportar todo o suprimento de oxigênio, comida e água necessários a partir da Terra.
Para resolver o problema é preciso usar sistemas de reaproveitamento, como o que já funciona para a obtenção de água na Estação Espacial Internacional. A água é obtida a partir da urina dos astronautas, como explica o biólogo Gerhild Bornemann, do Centro Aeroespacial Alemão. E, depois, é purificada quimicamente e reintroduzida ao ciclo de abastecimento da aeronave.


Reator de tela plana

A água tem um papel muito importante também na produção de oxigênio que abastece atualmente a estação espacial. Em um processo de eletrólise, uma corrente elétrica passa pela água e separa as moléculas de oxigênio e hidrogênio. Hoje, o hidrogênio ainda é liberado no espaço, mas o oxigênio garante a qualidade do ar na cabine.
Cientistas do Centro Espacial Alemão estão apostando no uso de algas como alimento, que já está sendo testado. De acordo com os testes, já se sabe que elas oferecem a possibilidade de usar o dióxido de carbono exalado na respiração para produzir novamente oxigênio e matéria orgânica. No experimento é usado um reator de tela plana que recebem um fluxo constante de água rica em gás carbônico, isto atrai as algas e faz com que se desenvolvam mais rápido, estando distante da luz. O método já funciona satisfatoriamente em terra.
Existem ainda outras algas que não produzem oxigênio, mas hidrogênio. São algas anaeróbicas, que também vivem no biorreator. A combinação dos dois tipos de alga no reator resulta na produção tanto de oxigênio como de hidrogênio. A partir daí é possível obter energia para as células de combustível. Além disso, produz-se também água.
Estas algas são nutritivas e podem suprir 20% das necessidades de alimento.



O biólogo Bornemann produz tomates e outros vegetais cultivados em tubos de vidro por onde flui água, como ocorre em grandes estufas na Terra. Os tubos de vidro são preenchidos com lava, onde ficam as raízes das plantas. A lava funciona como substrato, mas também ajuda na compostagem dos restos.
Nesta produção, a urina dos astronautas é aproveitada para fornecer uréia que é um nutriente importante. Mas o sistema também pode compostar rapidamente outros resíduos sólidos: restos de plantas, como talos ou folhas. Para que o processo de decomposição seja mais rápido, as partes devem ser moídas antes.
Os pedaços pequenos de plantas são colocados na água e passam por um filtro, onde são metabolizadas como em uma composteira. Só há uma diferença da compostagem clássica: a decomposição é mais rápida porque a água flui continuamente pelo sistema. E pretendem levar peixes nas viagens porque eles se alimentam de resíduos sólidos
E vai ser ainda mais rápido quando peixes forem levados nas viagens espaciais. Eles se alimentam dos resíduos sólidos e sobrevivem bem em ambientes de gravidade reduzida.

Em 1999, o então estudante de Arquitetura e Urbanismo na UFJF Guilherme Motta de Oliveira, em seu Trabalho de Conclusão de Curso, elaborou um Projeto de Estação Espacial onde estava previsto o cultivo de plantas, não só para a alimentação, mas principalmente para a produção de oxigênio e também a psicultura. Evidentemente não tinha a minúcia e precisão deste projeto, mas era já uma previsão de que um dia isto seria uma realidade.
Se você quiser ver este projeto futurista, consulte aqui
Projeto Marte


Vista isométrica da colônia





Fonte: http://www.dw.de/cientistas-estudam-t%C3%A9cnicas-de-jardinagem-no-espa%C3%A7o/link-16993981


Você gostará também de:
Os astros inflenciam as plantas?
Xaxim - cultivo e uso medicinal
Cultivo de plantas: como fazer uma estufa
Xaxim - cultivo e uso medicinal
Cultivo de plantas: como fazer uma estufa
Plantas e flores na recuperação de cirurgias
Sustentabilidade: o caminho é a natureza ou a tecnologia? Projeto Venus
Reprodução das plantas: imagens fantásticas do pólen
Plantas também usam truques para garantir a reprodução
Orquestra de Londres faz concerto para plantas



Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  


7 Visões
Mostre seus produtos para o público certo!


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55 (32) 9 9138-8279
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!