Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

A beleza destas plantas esconde o perigo

Autor: Regina Motta - Data: 30/03/2015
RSS

Muitas vezes a beleza, em qualquer reino - animal, vegetal ou mineral, esconde uma armadilha fatal!
Algumas plantas de rara beleza podem ser mortais, veja algumas delas:

Talvez você até tenha conheça alguma dessas e tenha crescido com elas, mas o importante é saber como cada uma funciona e o que faz, para tomar muito cuidado e avisar outras pessoas.
No rol dos grandes assassinatos na história da humanidade, nenhum elemento causou mais medo e ansiedade do que os venenos, responsáveis por crimes anônimos, com suas substâncias muitas vezes indetectáveis. O medo dos venenos era tamanho que, na Roma Antiga, havia uma profissão chamada pregustador, alguém responsável por ingerir alimentos ou bebidas antes de nobres e monarcas. Assim, era possível antecipar uma tentativa de envenenamento.

Cicuta (Cicuta maculata)



Cicuta é um grupo de plantas altamente venenosas nativas às regiões temperadas do hemisfério norte. As plantas têm pequenas flores brancas ou verdes, dispostas em forma de guarda-chuva. É considerada a planta mais venenosa da América do Norte: contém uma toxina que provoca convulsões. O veneno é encontrado em todas as partes da planta, mas é mais concentrado nas raízes, que por sua vez são mais potentes na primavera. Além das convulsões quase imediatas, outros sintomas incluem náuseas, vômitos, dores abdominais, tremores e confusão. A morte geralmente é causada por insuficiência respiratória ou fibrilação ventricular e pode ocorrer poucas horas após a ingestão.
O envenenamento por cicuta mais famoso é o do filósofo grego Sócrates. Condenado à morte em 399 a.C., ele recebeu uma infusão muito concentrada de cicuta.

Ervilha do rosário (Abrus precatorius)



Planta de climas trópicos e de baixas altitudes que habita junto aos troncos das árvores, e tem as suas principais populações na Índia, Ilhas Filipinas,Tailândia, e África tropical. O veneno que a Ervilha do Rosário contém, o abrin, é muito parecido com a ricina de outras plantas tóxicas. No entanto, a substância da ervilha do rosário é 75 vezes mais forte, portanto a dose letal é muito menor. São necessários apenas 3 microgramas de abrin para matar um adulto.
Família:Fabaceae
Género:Abrus
Espécie:Abrus precatorius

Beladona (Atropa belladonna)



É uma planta subarbustiva perene pertencente à família Solanaceae, com distribuição natural na Europa, Norte de África e Ásia Ocidental e naturalizada em partes da América do Norte. A espécie é pouco tolerante à exposição direta à radiação solar, preferindo habitats sombrios com solos ricos em limo e úmidos, principalmente à beira de rios, lagos e represas. É também uma das plantas mais venenosas do mundo, pois contém toxinas que causam delírios e alucinações. Outros sintomas de envenenamento incluem perda da voz, boca seca, dores de cabeça, dificuldade respiratória e convulsões.

Erva-de-São-Cristóvão (Actaea pachypoda)



Essa planta com flores nativa do leste e norte da América do Norte tem veneno no seu fruto marcante, de um 1 centímetro de diâmetro. Apesar de toda a planta ser declarada tóxica para consumo humano, a parte mais venenosa é a toxina concentrada no fruto que, infelizmente, foi responsável por tirar uma série de vidas de crianças, já que têm um gosto doce. As bagas contêm uma toxina cancerígena, que têm um efeito sedativo quase imediato em músculos cardíacos humanos e pode facilmente causar uma morte rápida.

Erva de lobo (Aconitum lycoctonum)



Essas plantas vivazes são nativas das regiões montanhosas do hemisfério norte e possuem uma grande quantia do alcaloide pseudaconitina, o qual é usado na ponta das flechas do povo Ainu do Japão para caçar. Caso ocorra a ingestão, a pessoa sofre queimação abdominal e nos membros do corpo. Em grandes doses, a morte pode ocorrer dentro de 2 a 6 horas, bastando apenas o consumo de 20 mg para pôr fim à vida de um humano adulto.

Oleandro (Oleander)



A planta é venenosa, mas é cultivada de forma popular como planta de jardim. Os casos de toxicidade pela planta são elevados, com 845 casos apenas em 2002. Porém a mortalidade é muito baixa com somente 3 casos de morte das 845 vítimas. O princípio tóxico é uma toxina cardíaca, que causa dor abdominal com sangramento, às vezes; e pode causar também batimentos cardíacos irregulares, e convulsões que podem gerar coma e morte.

Algumas Plantas tóxicas do Brasil

Tinhorão (Caladium bicolor Vent)



Todas as partes da planta são tóxicas. Os sintomas após ingestão ou contato são sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarreia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia. O contato com os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea.
Família:Araceae.
Nome científico: Caladium bicolor Vent.
Nomes populares: tajá, taiá, caládio.

Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia picta Schott.)



Todas as partes da planta são tóxicas. Causa sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarreia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia. O contato com os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea.
Família: Araceae.
Nome científico: Dieffenbachia picta Schott.
Nome popular: aninga-do-Pará.

Copo de leite (Zantedeschia aethiopica Spreng)



Todas as partes da planta são tóxicas. Ingestão e o contato podem causar sensação de queimação, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, náuseas, vômitos, diarréia, salivação abundante, dificuldade de engolir e asfixia. O contato com os olhos pode provocar irritação e lesão da córnea.
Família: Araceae.
Nome científico: Zantedeschia aethiopica Spreng.

Saia Branca (Datura suaveolens L.)



Todas as partes da planta são tóxicas. Pode provocar boca seca, pele seca, taquicardia, dilatação das pupilas, rubor da face, estado de agitação, alucinação, hipertermia. Nos casos mais graves pode levar à morte.
Família: Solanaceae.
Nome científico: Datura suaveolens L.
Nome popular: trombeta, trombeta-de-anjo, trombeteira, cartucheira, zabumba.

Chapéu-de-Napoleão (Thevetia peruviana Schum)



Todas as partes da planta são tóxicas. A ingestão ou o contato com o látex pode causar dor em queimação na boca, salivação, náuseas, vômitos, cólicas abdominais, diarréia, tonturas e distúrbios cardíacos que podem levar à morte.
Família: Apocynaceae.
Nome científico: Thevetia peruviana Schum.
Nome popular: jorro-jorro, bolsa-de-pastor.

Coroa de Cristo (Euphorbia milii L.)



Todas as partes da planta são tóxicas. A seiva leitosa causa lesão na pele e mucosas, edema (inchaço) de lábios, boca e língua, dor em queimação e coceira. O contato com os olhos provoca irritação, lacrimejamento, edema das pálpebras e dificuldade de visão. A ingestão pode causar náuseas, vômitos e diarréia.
Família: Euphorbiaceae.
Nome científico: Euphorbia milii L.
Nome popular: coroa-de-cristo.

Pinhão roxo (Jatropha curcas L.)



As folhas e frutos são tóxicas. Sintomas: a ingestão do fruto causa náuseas, vômitos, cólicas abdominais, diarreia mucosa e até sanguinolenta, dispnéia, arritmia e parada cardíaca.
Família: Euphorbiaceae.
Nome científico: Jatropha curcas L.
Nome popular: pinhão-de-purga, pinhão-paraguaio, pinhão-bravo, pinhão, pião, pião-roxo, mamoninho, purgante-de-cavalo.

Você gostará também:

Solos e flores: Aprenda e escolha a planta certa

Plantas Medicinais: A saude que vem do jardim

Plantas que atraem borboletas para o jardim

Como as plantas atraem os animais

Criaturas benéficas para as plantas de jardim e paisagismo

Plantas também usam truques para garantir a reprodução

Substratos: essenciais para o cultivo de plantas


Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

13/05/2020 22:59:34

Muitíssimo interessante este artigo. 

Adorei! 

Não sabi que na natureza, muitas belezas escondem perigos como esses. 

Acho que as pessoas são iguais, né? rsrs. 

Obrigada!



Real GramasGrama Esmeralda, Grama São CarlosGrama Batatais, Grama Santo Agostinho, Grama Coreana, Grama Bermuda

Grama Esmeralda Preço, Grama São Carlos Preço, Grama Batatais Preço, Grama Santo Agostinho Preço, Grama Coreana Preço, Grama Bermuda Preço



 



 


10/04/2015 23:00:35

Essas plantas não são carnívoras né?

Tags: Grama Esmeralda, Grama Batatais, Grama São Carlos

07/04/2015 09:41:16

Adolfo, suas colaborações são sempre de um grande valor! Obrigada! E espero publicar matérias suas aqui no Blog! abraços

01/04/2015 18:54:54

Regina, excelente a matéria. Faz meditar o cuidado a se ter com a escolha de determinadas espécies na hora de se elencar plantas para a composição de um jardim, principalmente em locais onde brincam ou transitam crianças. Quanto a estas o ideal é ensiná-las a não levar folhas e flores à boca, algo difícil, embora necessário, visto a ocorrência de algumas dessas plantas em locais públicos. Curiosidade sobre a beladona: devido a presença de atropina em suas folhas, esta é usada para a produção de medicamentos como os dilatadores de pupilas, na área óptica. Acrescentaria mais duas euforbiáceas em tua relação; a bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima Willd) e a avelós (Euphorbia tirucalli L) esta última, capaz de cegar quando do contato de sua seiva cáustica com os olhos.


Curso de Marketing Digital para Paisagismo
Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!