Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Plantas ornamentais: Orquídea Cattleya - Grupo I

Autor: Jango Verde - Data: 29/09/2014
RSS

A Cattleya é a orquídea mais vendida no Brasil.
É uma orquídea epífita, ou seja, vegetam nos trocos e galhos de árvores.
Ao contrário do que algumas pessoas dizem, nenhuma orquídea é parasita, ou seja, e elas não sugam a seiva delas, apenas se apoiam nas árvores.
Suas flores são perfumadas e duram em média de 10 a 30 dias.
As flores chamam a atenção pelo seu tamanho bem grande, belas formas e cores intensas e variadas.
Este grupo possui cerca de 70 espécies e é originário do México até o Sul do Brasil.



O CULTIVO

O cultivo de Cattleya é bastante simples. Ela gosta de boa ventilação, umidade, além de muita luz indirecta (ou seja, sem raios solares directamente na planta) e ambientes com temperaturas entre 18° e 25° C.
Se a temperatura não estiver entre 18° e 25° C pode haver inibição do florescimento e a interferência na qualidade das folhas e flores.
A coloração das folhas indicam se a luz que elas recebem está adequada ou não. Folhas muito escuras é sinal de pouca luz, o que pode comprometer a floração. Folhas muito claras como um verde amarelado, indicam excesso de luz.
Sempre coloque o vaso com a frente da orquídea (onde apresentam brotos novos) virada para o lado que apresenta maior luminosidade.
Atenção! Se receber luz solar directa, pode ter suas folhas queimadas e os danos são irreversíveis, as folhas nunca voltarão ao normal, será necessário esperar pelos brotos novos.



SUBSTRATO

Quanto ao substrato, o mais usados são: os cubos de coco, casca de pinus, pedra brita, esfagno e a piaçava.
É preciso que o substrato garanta um bom arejamento para o sistema radicular (raízes).
Outra informação importante, nunca entrerre o rizoma. Isso poderá matar a planta.
O substrato deve esconder apenas as raízes.
Na hora da compra, fique atento! Evite vasos com musgo, isso indica que o substrato pode ser antigo e já será necessário o replantio.
Se o substrato estiver retendo muita água ou eliminando rápido de mais sem deixar umidade, é sinal de que é hora de replantar sua espécie.
É importante trocar o substrato antes da sua deteriorização, pois quando o material começa a se dissolver, elimina gases que podem prejudicar a planta.
Outro sinal de necessidade de troca de substrato é quando a orquídea estiver saindo do vaso.
O que sempre foi recomendado nos cursos que fiz é fazer esta troca anualmente e preferencialmente após a floração. Algumas pessoas dizem que o substrato pode aguentar 2 anos, mas eu prefiro não arriscar.
Quando terminar de replantar, coloque uma plaquinha com a data, para que você saiba o momento do próximo replantio.



REGAS

Ao regar, deve se evitar o excesso de água.
O ideal é molhar todo o substrato e deixar escorrer toda a água.
Nos dias quentes é necessário regar mais vezes durante a semana, em torno de 2 vezes. Já nos dias mais frios este espaço precisa ser maior, em torno de 1 vez por semana.
Para regar Cattleyas adultas devemos deixar o substrato secar bem antes de regar novamente. O excesso de água geralmente as mata mais do que a falta. Com as mudas deve ser diferente, elas precisam de mais regas, mantendo o substrato sempre levemente húmido.
Faça o teste do dedo para confirmar se o substrato está seco.



TESTE:

Coloque o dedo no canto do vaso e enfie até a metade dele, você sentirá como está a humidade no meio do vaso. Isso é importante pois às vezes em cima o substrato está seco, mas no meio está húmido.
E lembre-se não molhe a planta no período da noite, pois assim como você, ela também não gosta de ""dormir com os pés molhados".
O ideal é regá-las logo no início da manhã ou no final da tarde.











TEXTO DE : PAIXÃO POR ORQUÍDEAS

Jango Verde: Implantação e manutenção de Jardim . Angola

Contato: jangoverde.angola@gmail.com

Você gostará também de:
O paraíso das mini orquídeas
Um pouco do universo das orquídeas
Orquídeas: O Eldorado da Amazônia
Cultivo e demais tratos culturais de Orquídeas: Capítulo 3"
Cultivo e demais tratos culturais de orquídeas: Capítulo 2
Cultivo e demais tratos culturais de Orquídeas - Capítulo I
Plantas ornamentais em risco de extinção: Orquídea Cattleya eldorado Linden
Fatores que condicionam a distribuição das orquídeas no habitat


Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários


Curso de Marketing Digital para Paisagismo
Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!