Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Plantando Arte

Autor: Vânia Silva - Data: 15/09/2009
RSS

Topiaria é muito mais que os arbustos podados em formas geométricas que vemos nas calçadas das cidades brasileiras. Topiaria é uma expressão artística que tem como matéria prima, plantas vivas.



Existem indícios de que a Topiaria acompanha a humanidade desde a antiguidade. Vindo desde a Pérsia, entrou na Europa, que a redescobriu durante a Renascença. A Topiaria compôs paisagens de castelos em todo o mundo, Ocidente e Oriente, cada qual aplicando conceitos estéticos próprios de seus tempos e culturas. Na metade século passado ajudou a tornar mágicos os jardins do mundo criado por Walt Disney em seu parque temático, e acabou por se tornar das escolas de topiaria a mais conhecida.

Em 2000, no Canadá a Mosaicultures Internationales Montreal organizou o primeiro evento da técnica de plantio de plantas ornamentais de maneira a compor figuras, com cores e texturas surpreendentes, aproveitando as características das várias espécies que as compõem.



Considerando que a definição de Topiaria é a de ornamento composto com plantas vivas, a Mosaicultura é uma de suas técnicas, além da poda, do direcionamento dos ramos e de tantas outras.

Apesar de tão antiga, no Brasil nem todos os profissionais de paisagismo e jardinagem conhecem as possibilidades da Topiaria. Geralmente a arte é relacionada apenas a formas geométricas, como bolinhas e espirais em podas, quase exclusivamente. Muito dificilmente é relacionada a formas mais elaboradas, em técnicas e espécies diferenciadas.

No Brasil, as trepadeiras são as mais usadas para compor as Mosaiculturas, mas as forrações podem dar mais cor à peça. Então podemos encontrar as Unhas de Gato, as Hederas, as Ajugas, as Gramas Pretas entre outras.



Porém em países europeus existem espécies de suculentas da família do Sedum que dão resultados maravilhosos em Mosaicultura.

As Topiarias, além das trepadeiras, utilizam, em geral, arbustos e árvores que aceitam bem podas constantes.

Tem-se a impressão que o Topiário e o Mosaicultor são artistas que se tornaram Jardineiros, ou o inverso. O sentimento toma conta de sua imaginação, sua criatividade rompe os limites e uma euforia toma todo o instante da criação, quando a imagem toma todos os seus sentidos. Quando seu trabalho está acabado, aí ele entrega com um misto de paciência e ansiedade sua obra a Natureza, que fará seu acabamento.

E como é generosa a Natureza! A Topiaria nunca falaria, assim como o Davi não falou. Quando o mestre italiano terminou de esculpir o mármore branco ele queria que a escultura tomasse vida, e suplicou: "_Parla!".

O Topiário não precisa esperar que a vida tome sua obra, ele a vê em cada broto de um novo ramo que nasce formando sua escultura.
Os arbustos em formas simples, geométricas, simétricas têm sua beleza. Porém ver as formas que a Mosaicultura é capaz de produzir é impressionante.

De pequenos animais simpáticos plantados em vasos nem tão grandes assim a gigantescas esculturas humanas plantadas em imensos jardins em cenas que despertam sentimentos intensos que podem ser do maior carinho, ou da maior surpresa e medo.

Nesses tempos em que a qualidade de vida tem sido publicada muito próxima ao cuidado com o meio ambiente, que afinal são as paisagens que construímos ao nosso redor no nosso cotidiano -, além das matas distantes - a Mosaicultura e a Topiaria vêm se apresentando como uma alternativa artística de grande apelo visual e que remete, até mesmo por sua matéria prima, ao cuidado com o verde e à vida.

Venho procurando divulgar a Topiaria como mais uma forma de expressar essa maravilhosa mistura que é nossa cultura e nossa arte.
A Topiaria pode usar ícones que remetem a esta cultura, e o observador é levado à natureza e a vida que procura representá-los.
Por isso acredito que seja uma forma de educar quanto a importância do verde em nossa vida. A Topiaria pode se tornar, assim, um agente de educação ambiental, fazendo de plantas obras de arte.

Esta arte traz qualidade de vida, com o contato com o verde que já proporciona alívio das tensões do cotidiano e estimula a criatividade. E posso ainda afirmar que nada traz mais prazer ao amante de jardinagem, que compor seu jardim com a Arte que brota da Vida.

Vânia Silva e Erick Rijo Jr.
Topiários e Mosaicultores
topiariabrasil@topiariabrasil.net

Leia também:

Tenha fontes, cascatas e lagos no jardim

Por que jardim? Um pouco de história

Paisagismo com bambu

Origem do Paisagismo




Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  


Curso de Marketing Digital para Paisagismo
Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!