Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Paisagismo: Por que os fícus das cidades estão morrendo?

Autor: Alberto Lopes - Data: 17/05/2011
RSS

Com muitas ocorrências, relatadas principalmente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, os fícus, mais relatos para ficus benjamina, família moraceae, com ciclo de vida perene que pode chegar aos 16 a 30 metros de altura dependendo das condições do solo e ambiente, também muito usada na decoração de ambientes internos, em vasos, e principalmente em ambientes externos, até mesmo inapropriadamente na arborização urbana, devido aos danos que o sistema radicular gera em calçadas e outras instalações, vem sendo atacada por algum agente que está causando sua morte. O que estaria causando a morte desta espécie tão resistente? Tudo começa com o amarelecimento das folhas que em seguida caem e acumulam-se no chão, segundo a UnB agência, raiz e tronco também são atingidos. Seria um fungo, bactéria, vírus, inseto? ou sinergismo entre algum destes? Ainda não sabemos!



Particularmente, constatei alta infestação em árvores que foram afetadas e morreram, ou estavam em estágio terminal, a ocorrência de moscas-brancas (Bemisia spp.), inseto sugador pertencente a ordem das hemipteras e da família aleyrodidae, em formas de ninfas e adultas, associadas à cochonilhas, outros insetos e fungos, porém, em maior quantidade as moscas-brancas, que na ocasião, ao balançar os galhos formavam uma "nuvem branca" destes insetos. Parecem sugar as folhas continuamente, assim, lesionando os tecidos do limbo foliar, provocando amarelecimento e sua queda, devido a grande população parece não haver tempo de recuperação. Também pude observar grande quantidade de moscas-brancas presas em teias de aranhas, e registrar em fotos o inimigo natural agindo.




Caso seja constatado que esta infestação por moscas-brancas esteja causando efetivamente a morte dos fícus, o que poderia ser feito para solucionar esse problema, que está afetando até mesmo espécies centenárias, no estado do Rio de Janeiro?






O que poderia estar causando essa migração, em grande quantidade, para ambientes que não eram próprios destas pragas?

Será que o homem no campo, em suas atividades agrícolas, com uso intenso e indiscriminado de agrotóxicos estaria favorecendo a mudança de ambiente de certos insetos, proporcionando resistência, assim, gerando populações mais "agressivas" e agindo em ambientes onde não se costumam usar defensivos, como nas cidades?

Enquanto faço estas perguntas, sei que a única afirmativa é que o problema já está sendo estudado por diversas instituições e institutos de pesquisa, para que se tenha uma resposta mais adequada sobre esse fenômeno que pode acabar com os fícus, espécie muito odiada por uns, e muito adorada por outros, e quem sabe futuramente atingir outras espécies que fazem parte da paisagem dos nossos grandes centros urbanos.

alberto@agronomo.eng.br

Você pode se interessar também por:
Paisagismo urbano: bem estar para o homem e o planeta
você conhece o Neem?
Solos e flores: aprenda e escolha as plantas certas
As plantas também sabem se defender sozinhas!









Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

08/09/2015 11:40:54

Aqui em Buenos Aires tenho notado algo parecido, apesar de que não vejo infestações de mosca branca. Numa mesma calçada vi um exemplar perfeito ao lado de um moribindo... Apenas 8m os separam...

08/09/2015 08:47:49

Esperamos que sua pesquisa seja finalizada com sucesso e se quiser publicar matérias aqui teremos muito prazer em divulgá-las

08/09/2015 08:45:15

Fernando Barreto Moura, desejamos que a sua pesquisa seja bem sucedida e que tenhamos uma solução para o problema! Se quiser colaborar com o blog publicando matérias, teremos imenso prazer em publicá-las

06/09/2015 12:07:17

Amigos,

Gostei de ver esse artigo no Blog.
Há uns 3 anos venho estudando a causa da morte e infestação da Fícus Benjamina pela mosca-branca. Comecei minhas pesquisas desde a origem da planta até a sua introdução em diversos países do mundo.
tenho uma pesquisa em andamento( em fase de teste) para a erradicação da mosca-branca, mas por enquanto não posso relatar os resultados.
Espero que em breve mais uns 2 anos e terei novidades sobre um inseticida natural.

13/06/2011 15:26:19

Ahh... segue o link!
http://www.paisagismodigital.com/Noticias/Default.aspx?CodNot=213

13/06/2011 15:23:00

Pronto, fiz um artigo com a notícia resumida, e ainda tem o link dela no próprio site do Instituto Biológico!Na folha só para quem é assinante uol!
Abraços!

10/06/2011 07:18:23

Alberto, você pode fazer um resumo da notícia e postar aqui, citando a fonte. Será ótimo! Pode ser na forma de um novo artigo, dando sequência a este, o que acha?

09/06/2011 11:38:16

Isso mesmo Maurício! Essa semana saiu na folha de São Paulo, acho que dia 6/06/2011, que a causa realmente é a mosca branca, comprovada pelo Instituto biológico de SP! posso scanear a reportagem, só não sei se posso postar aqui, acho que citando a fonte não tem problemas... abraços

04/06/2011 20:05:02

Realmente, falta de água,O2, dificulta trocas gasosas, é claro que se a água não entra, fica difícil a entrada do O2 também, enfim , vários aspectos que irão influenciar a saúde da parte radicular. Anelamento por cimentação.....

04/06/2011 12:44:25

Normalmente esta espécie é proibida para o plantio nas calçadas devido ao sistema radicular que arrebenta as mesmas. Sendo assim, algumas pessoas usam um tubo de concreto (o mesmo para rede de esgoto) para evitar o problema. Dessa forma, como plantada em um vaso, seu desenvolvimento fica comprometido e muito mais lento. A água das chuvas não chega até as raízes de forma suficiente, elas não podem ser adubadas corretamente para torná-las mais fortes pois sua copa também está abaixo de uma camada de concreto. Estrangulamento, falta de oxigenação, falta de adubação...falta de conhecimento e planejamento para o plantio. Muito triste ver tantas espécies comprometidas mas não há muito o que fazer. De qualquer forma, já que terão que arrebentar a calçada para retirada do tronco e plantio de novas espécies, porque não fazê-lo agora, replantando estas em outro local aberto? Fazendo uma poda radical e uma adubação no solo que a receberá? Ainda há chance de salvá-las. Plantas tem vida e a nossa depende delas também.

04/06/2011 05:49:24

Melhor é subistituir pelo nio indiano. É uma planta repelente, e de longa durabilidade.

03/06/2011 18:53:57

falta de oxigênação para sistema radicular.

03/06/2011 18:52:25

Falta e oxigênia para as raizes, enforcamento e falta de agua, ficus em gramado ou com diamentro de 1 metro sem concreto as raizes tem boa oxigenação.

02/06/2011 20:55:20

Olá Julia, este fato das pessoas cimentarem, parecem querer prender ou fixar a planta mais no solo, só prejudica, pois diminui a área permeável, que em arborização urbana já é pequena, isso pode aumentar o risco de quedas, por isso devemos ter um canteiro adequado para todas as espécies, para que a água penetre, e seu sistema radicular desenvolva-se de maneira saudável, pois ai chove, a árvove fica pesada devido interceptação foliar dessa água, e com sistema radicular pouco desenvolvido ou afetado ela só pode cair. Quanto ao fato estar ligado a esses problemas citados por você, não acredito, pois estão morrendo ficus centenárias em campos gramados, em vasos, podemos notar que realmente é uma doença, que causa a morte em período parecido em diversas condições de plantio. Achei legal você tocar neste assunto de cimentação de áreas permeáveis, isso acaba com as árvores, e também pintar árvores é muito ruim. Abraços!!

02/06/2011 19:37:36

Boa noite,

Será que o fato das raízes aéreas tabulares da ficus b. estarem confinadas em quadradinhos de cimento e às vêzes (com frequência, eu diria) até completamente cimentadas, não ajudaria/ aceleraria ou influenciaria a morte desses espécimens de alguma maneira?

Julia Barreto


32ª edição da Lusoflora, que terá lugar a 22 e 23 de fevereiro de 2019, no CNEMA, em Santarém. Contato:  info@apppfn.pt
7 Visões
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!