Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Paisagismo e decoração com Tillandsias: segredos revelados

Autor: Rômulo Cavalcanti Braga - Data: 16/04/2012
RSS

Continuando nosso estudo sobre as Tillandsias: Magia e sedução

Adubações e Qualidade da Água

As Tillandsias são supremas catalisadoras de nutrientes do ar. Na natureza elas recebem muito pouco em termos de nutrientes, porém, aproveitam ao máximo o que é captado da poeira que lhe é trazida dispersada no ar. Isso não significa que um programa de fertilização generoso seja inútil. Ao contrario, um programa de fertilização consiste durante os meses mais quentes produzirão muito mais, os exemplares serão mais robustos, viçosos e terão uma floração mais exuberante, com a combinação de luz e água freqüentes. O nutriente mais importante em termos de vigor das plantas e crescimento foliar é o Nitrogênio. A maioria dos fertilizantes comerciais contêm uma elevada percentagem deste baseado em Nitrogênio da Uréia. No entanto , No entanto esse composto deve ser discriminado por bactérias no solo antes de se tornarem disponíveis para as plantas. Isso é bom para vasos de plantas, mas não para epífitas, que não têm ligações de raízes com o solo. O Nitrato de Nitrogênio Amoniacal é o ideal para as epífitas, pois são imediatamente utilizáveis, mas muitos adubos têm pouco em seu mix. Potássio e Fósforo são essenciais para a saúde das plantas. Entre outras coisas, melhoram a configuração e as sementes de floração, a planta torna-se mais resistente a doenças, promove o crescimento da raiz e reforça as paredes celulares.



As adubações são altamente recomendadas para as epífitas. Como infelizmente no Brasil não temos fertilizantes específicos para Tillandsias, o recomendado é que se utilize os de Orquídeas, na proporção de ½ dosagem recomendada pelo fabricante diluída em um litro de água. Com a aplicação de fertilizantes as plantas irão crescer mais rapidamente, mai ores e produzirão floradas mais vibrantes. As Tillandsias devem ser adubadas em uma programação consistente. Um programa de fertilização a cada quinze dias é o ideal. A água faz uma diferença na aparência das plantas.

Muitos moradores da cidade têm água alcalina em seu sistema publico. Ao longo do tempo isto pode causar um acumulo de sal branco e minerais de cloro nas folhas o que pode ser prejudicial as plantas. Bromélias e as Tillandsias em particular, preferem um PH ligeiramente acido (PH 6,0) de água. Um PH 7,0 é neutro. A água da cidade, muitas vezes tem um PH de 8,0 ou mais, que é muito alcalino. Por esse motivo é recomendado que se apare as águas das chuvas ou se utilize água desmineralizada.




Montagem de Tillandsias
As Tillandsias são mais freqüentemente comercializadas em pedaços de cortiça e madeira de uva, que são relativamente leves e fáceis de trabalhar. Pedaços de madeiras, casca de peroba, conchas, pedras, também servem ao propósito de oferecer um atrativo de montagem para Tillandsias. Montagens de Tillandsias são simples. As peças pequenas podem ser coladas diretamente na superfície de madeira. As ranhuras e depressões naturais podem e devem ser aproveitados para acomodar a base da raiz. Caso se deseje, uma furadeira pode esculpir buracos ou depressões para ajudar na ancoragem das plantas. Contudo, cuidados devem ser tomados para que se evite buracos profundos que irão cobrir a maior parte da base das mesmas. Há vantagens e desvantagens na utilização de colas, a que recomendamos é a Tilly Tacker que é própria para esse tipo de tarefa. Algumas pessoas fazem uso da cola quente, pois seca em um minuto. Quando a cola quente é utilizada, os cuidados devem ser redobrados com espécies pequenas, como as Tillandsias Argentea e Ionantha. A cola sai da pistola com 380º C. Se esse calor atinge o tecido meristemático (ponta crescente), a planta pode morrer. Se a planta tem uma base boa com raiz, o processo não deve ser problema desde que se tenha cuidado na fixação. Uma dica é se esperar de dez a trinta segundos antes de colocar a planta, pois nesse espaço de tempo a cola perderá um pouco de sua temperatura. Muitas espécies são ageotrópicas, isto é, crescem independentemente da gravidade e podem ser montadas em qualquer posição, até mesmo de cabeça para baixo.


Arranjo Neoregelia pendula rosa

As plantas podem ser montadas criativamente penduradas em peças de madeira, utilizando-se todas as suas dimensões. Algumas espécies como a Tillandsia Incarnata são caulescentes (crescem ao longo de uma haste) e podem ser montadas em uma posição de suspe nsão. O ápice da planta cresce para cima em direção à fonte luminosa. Já as espécies como as Tillandsias Magnusiana e Atrovirdipetala devem ser montadas em uma posição horizontal para que a água não fique acumulada nas axilas das folhas, o que pode causar-lhes o apodrecimento.

Til. capitatas pessego

As variedades maiores como as Tillandsias Xerográphicas, Fasiculata e Rodrigueziana devem ser fixadas em uma posição sentada. Deve-se observar que quando as plantas são muito grandes a cola sozinha não dará a devida sustentação, haverá então a necessidade de se utilizar o auxilio de fios ou linhas de pesca para tal. O fio ou a linha devem ser utilizados tendo-se o cuidado de oculta-los deixando-os o discretamente possível. Isso é conseguido ao enfiar atrás das folhas das bainhas exteriores (bases). Em seguida, o fio e / ou a linha pode ser enfiado na madeira, o material é torcido ou amarrado nas costas e, caso não sejam realizadas muito baixas nas plantas, as amostras devem ser aparadas. Uma palavra de cautela! As plantas não devem ser inseridas em buracos profundos na madeira, sob pena de apodrecerem, pois muitas vezes quando a base se molha e não há meios naturais de secagem, a água acumulada nas axilas farão com que a base se apodreça. Este erro ocorre geralmente quando as pessoas introduzem os exemplares para dentro da abertura de uma concha. Outro problema é, por vezes, a utilização de um chumaço de esfragno é enrolado em torno da base da planta. Isso geralmente é feito para dar o acabamento final da montagem disfarçando os pontos de colagem e de ancoragem, tornando o arranjo mais atraente ao olhar. Mas novamente ele bloqueia a circulação do ar, e muitas vezes apressando o apodrecimento de um exemplar por acumular água e se manter úmido.


Til. sprengelliana

Nesse caso as Tillandsias Cyanea e Punctulata estão amplamente disponíveis para serem utilizadas em arra njos úmidos, e isso é porque elas são espécimes Mesic. Como já escrevi acima, o esfragno ou qualquer outro meio de terminação, como musgo, serragem, etc., são normalmente usados como dispositivos cosméticos para ocultar a cola e / ou arame, fio, linha usados para as montagens. Enquanto apenas pequenas quantidades são utilizadas é ótimo. O produtor / artesão experiente sabe as finalidades dos materiais utilizados e fará tudo para que não fiquem excessivamente molhadas. Muitas espécies de Tillandsias Mesic são terrestres e preferem ser encapsuladas no solo. Uma boa mistura de solo de rápida drenagem, poroso e ligeiramente acido pode ser utilizado.

Paisagismo e Decoração com Tillandsias
As Tillandsias podem ser utilizadas com grandes efeitos na decoração e / ou paisagismo. Elas são tão variadas na morfologia e tão versáteis quanto aos cuidados de condições, que, virtualmente, o real que limita a utilização dos elementos são a imaginação.


T. Polhiana

As Tillandsias podem ser anexadas a galhos e troncos de árvores e crescem como na natureza. Elas podem ser suspensas no ar em linhas de pesca ou fios. Podem ser montadas em tocos de árvores, pedras, postes, pátios ou qualquer outra coisa que se tiver em mente.
Na utilização das Tillandsias a criatividade é limite. Certamente as Tillandsias podem ser agrupadas e crescem como uma coleção, é a forma como a maioria das pessoas as cultivam. Mas elas também podem ser usadas para criar profundidade em uma situação de jardim em geral. Devidamente colocadas, as Tillandsias podem habitar áreas não disponíveis para outras plantas. Ao se fixar as plantas em uma árvore ou arbusto, certas facetas de cuidados devem ser mantidos em mente.


T. ionantha fuego

Deve-se lembrar que a maioria das espécies de Tillandsias irão crescer muito mais rapidamente com maiores níveis de luz. Portanto, a maioria das espécies não devem ser anexadas no fundo de um dossel de árvores, onde serão oferecidas pouca luz, pelo menos, se elas devem ser regadas com freqüência. As plantas podem ser montadas em galhos de árvores em todos os ângulos, já que esta é a maneira que elas crescem naturalmente, Nunca se vê o ramo de uma árvore com todas Tillandsias alinhadas. Experimentação, imaginação e criatividade são as chaves do sucesso.
Algumas espécies podem ser cultivadas bem de cabeça para baixo. A maioria vai prosperar se montadas horizontalmente. O agrupamento de três ou quatro exemplares da mesma espécie, em conjunto, o paisagista pode economizar um ou dois anos no tempo que se levaria para desenvolver uma moita ou touceira. Isso geralmente é um bom caminho a se percorrer com menores e / ou espécies de crescimento lento.

Espécimes como as Tillandsias Incarnata, Sphaerocephala, bergeri e Tectorum, juntamente com muitas outras são saxícolas e crescem sobre rochas. Estas formas naturais de crescimento das plantas podem e devem ser utilizadas com grande sucesso nos paisagismos e jardins e praticamente todo o que há de espécies xerófitas podem ser cultivadas dessa forma. Nos pátios, uma parede é muitas vezes o lugar lógico para começar a decoração com plantas. Se o pátio é bem iluminado, proporciona o ambiente perfeito para tal. Um ou dois grandes exemplares colocados estrategicamente com normalmente definido o padrão de como e onde futuras instalações serão posicionadas.

Se há postes de madeira, Tillandsias podem ser aplicadas estrategicamente e depois de alguns anos, formarão um aglomerado atraente. As Tillandsias podem ser atrativas quando montadas em peças de madeiras, pedras, conchas do mar, peças de cerâmicas, etc. São ótimas para comporem decorações natalinas, festivais de vinhos, exposição de artes, artesanatos, etc. Não há diferença o material de montagem, contanto que não seja tóxico. Como escrevi anteriormente, a ousadia, criatividade e a imaginação são os limites.

Obs: Interessados na compra de exemplares desta variedade ou outras, favor solicitar Catálogo Fotográfico pelo e-mail: romulocbraga@uol.com.br

Você pode se interessar também por:
Tillandsias: As filhas do vento
Tillandsias: tesouro secreto dos desertos
Margareth Mee, a dama das bromélias, pesquisadora de nossas plantas ornamentais
Reprodução das plantas: imagens fantásticas do pólen
Plantas também usam truques para garantir a reprodução
Orquestra de Londres faz concerto para plantas
Plantas que cantam para atrair polinizadores


Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

20/05/2012 15:50:01

o autor se atrapalhou um pouco ao dar explicações sobre adubação nitrogenada e é bom esclarecer que os arranjos de bromélias são muito bonitos quando fotografados logo após o plantio, o que nao quer dizer que vao ficar assim pra sempre, sendo que algumas espécies se multiplicam , originando várias mudas e outras espécies tem dificuldades para isso, sendo necessário escolher aquelas de mais fácil perfilhamento.

17/05/2012 13:51:49

Solicito ao Carlos que entre em contato comigo por e-mail para que eu possa lhe passar as informações que deseja. romulocbraga@uol.com.br

17/05/2012 13:49:31

Boa tarde Carlos. Sim é possível fazer aplicações no tronco do seu Chapeu de Palha. Agora resta saber que tipo de Bromélia você deseja usar e se o tronco está vivo ou morto. Pois cada caso tem um procedimento. Cordialmente, Rômulo Braga

14/05/2012 21:13:26

Tenho um "Chapéu de praia" que foi podado, cercado por tela e acabou ficando no meio de meu gatil. É possível aproveitá-lo para fazer o arranjo mencionado?


Curso de Marketing Digital para Paisagismo
Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!