Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

O Jardim Botânico de Awaji, Japão

Autor: Regina Motta - Data: 28/09/2015
RSS

O Jardim Botânico de Awaji Yumebutai Hyakudanen, projetado por Tadao Ando, em Hyogo, Japão, foi construído como monumento fúnebre para recordar as 6000 pessoas falecidas no terremoto de Kobe, em 1995, conhecido como o Grande Terremoto de Hanshin-Awaiji. O epicentro do terremoto aconteceu na ilha de Awaji, na Baía de Osaka onde se encontra o Jardim.



É um jardim moderno que expõe, abertamente, sua natureza artificial. É mais geométrico que orgânico, mais para ser visto de fora que desfrutado de dentro. O projeto foi feito de acordo com o protótipo de Gabriel Guevrekian, criado em 1926 para Charles Noailles na Provença.



É um jardim civilizado, com escadas e corrimãos, canteiros diferenciados, mais cômodo para os visitantes. A proposta inclui não desperdiçar água e favorecer o cultivo de plantas nativas. Para cumprir essas premissas, apela para a memória, resgatando a recordação ou revelando o que não deve ser esquecido. Dando um novo significado de protesto ao jardim.



A ilha de Awaji não tem tido muita sorte. Anos antes do terremoto, serviu de canteiro de obras para a areia que se utilizou na construção de uma ilha artificial pelo Arquiteto Renzo Piano nas proximidades do aeroporto de Osaka (Kansai) há cerca de 20km da ilha. No espaço escavado para a retirada da areia seria construído um Centro de Convenções, quando houve o terremoto.



O jardim foi construído neste espaço, para recuperar o dano causado pelas escavações. Primeiro recuperou-se as espécies nativas e, em seguida, organizou-se os terraços. Hoje são 400 canteiros quadrado de 48m cada, formando um grande patchwork com flores locais e do mundo, cobrindo a colina.



Foi inaugurado em 2000 e a visitação é mais didática que contemplativa, mas é também uma lição de otimismo. Todo o parque é coberto por variedades de espécies locais, como os crisântemos e consegue manter-se florido durante todo o ano.












Fonte: http://noticias.arq.com.mx/

Você gostará também:

A Fantástica Floresta de Yakushima, Patrimônio da Humanidade

Os Jardins Ingleses

Jardim Botânico da Madeira, Portugal

The Garden Of Eden de Adam Purple: uma utopia destruída

The Royal botanic Garden Kew, Patrimônio da Humanidade

Agora Garden Tower, residencial de luxo em Taipei


Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

01/10/2015 15:17:14

A importância da história por trás de qualquer empreendimento.
Uma belíssima homenagem aos que se foram.
Quem não gostaria de ser lembrado através de um canteiro florido?
Ótima reportagem.


Curso de Marketing Digital para Paisagismo
Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!