Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Cerrado: biodiversidade ameaçada e paisagismo!

Autor: Gláucia de Oliveira - Data: 13/04/2010
RSS

Muito se têm dito sobre a conservação da Amazônia, o que de fato merece atenção. No entanto, cada vez mais áreas de cerrado e outros biomas brasileiros continuam a serem devastadas diariamente ameaçando várias espécies a sumirem definitivamente da face da Terra.

O bioma Cerrado passou a ser drasticamente alterado a partir da década de 60, principalmente com a interiorização da capital do país, Brasília. Este processo iniciou a transformação da paisagem, através da abertura de novas redes rodoviárias, pecuária e agricultura extensiva, dando lugar às grandes fazendas de soja, arroz e trigo nas áreas antes ocupadas pelo cerrado. Como resultado deste processo de degradação atualmente resta apenas 20% deste bioma, distribuído, principalmente, pelo Planalto Central Brasileiro, nos Estados de Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, parte de Minas Gerais, Bahia e Distrito Federal.

O Cerrado brasileiro é reconhecido como a savana mais rica do mundo em biodiversidade, com riquíssima flora com mais de 10.000 espécies de plantas, sendo 4.400 endêmicas (exclusivas) dessa área (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, 2010). Esse bioma é considerado um hotspot, isto é, uma das áreas mundiais prioritárias para a conservação, devido a sua riqueza em diversidade biológica e elevado grau de ameaça.

A fisionomia típica do cerrado são as pequenas árvores de troncos retorcidos, casca e folhas grossas, adaptadas ao clima quente e seco da região, misturadas a uma vegetação de arbustos, subarbustos e gramíneas. Muitas espécies da flora são utilizadas como frutíferas (baru - Dipteryx alata; goiaba - Psidium guajava); genipapo - Genipa americana; etc.), medicinais (barbatimão - Stryphnodendron barbatimam; pequi - Caryocar brasiliensis; guariroba - Eugenia Variabilis; etc.) e como ornamentais em paisagismo(Jatobá-do-cerrado - Hymenaea stigonocarpa; Paineira-do-cerrado - Erioteca pubescens; angico Anadenanthera spp; etc.).

Diante dessa biodiversidade ameaçada, aos paisagistas da região do cerrado, fica a responsabilidade de estarem sempre valorizando a exuberante flora de sua região, usando-as em seus projetos de paisagismo e contribuindo para a perpetuação destas espécies. E aos demais paisagistas, é fundamental conhecermos e valorizarmos a flora do nosso imenso Brasil, respeitando as características e os limites de cada região.

Muitas espécies do cerrado já são amplamente utilizadas no paisagismo, abaixo algumas delas:

Guariroba - Syagrus oleracea buriti - Mauritia flexuosa<br> Cedro-rosa - Cedrela fissilis
Ipê Flor-da-quaresma

Não podemos esquecer que cada bioma possui sua particularidade e sua importância e não deve ser medidos esforços para sua conservação.

Leia também:

Cultivo de árvores outonais

Relação entre as plantas e a fauna

Paraíso Ecológico Ameaçado

Bioma Pampa e Projeto Agroppampa

Jardim pré-histórico

Mata Atlântica - Reserva da Biosfera


biomas Brasileiros e Paisagismo

Paisagismo e reflorestamento com plantas nativas: as mudas, onde estão?



Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  


Curso de Marketing Digital para Paisagismo
Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!