Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Arbustos para paisagismo: melhores, mais utilizados

Autor: Portal Vida Livre - Data: 04/11/2021
RSS

Neste artigo, apresentamos os principais tipos de arbustos utilizados no paisagismo. Confira suas características ornamentais e algumas dicas de cuidados.
Muitos arbustos são fáceis de cultivar e oferecem florações lindas durante as variadas épocas do ano. Não são muito populares quando se trata de cultivo, mas o que muita gente não sabe é que essas plantas podem deixar seu jardim muito mais elegante e único.



Eles são considerados vegetais do grupo das angiospermas, dicotiledôneas e lenhosas. Eles possuem ramificações mais rasteiras, próximas ao solo ou (em alguns casos) até na superfície. Geralmente não ultrapassam os 3 metros de altura e estão presentes em todas as regiões do planeta.

Como existem inúmeras espécies de arbustos o clima e o solo não serão um problema. Sendo assim, você poderá escolher, dentre inúmeras opções, a que mais se adeque às condições do ambiente e do terreno em que eles serão cultivados.

Aqui vamos te mostrar formas, cores e tamanhos para todas as necessidades e preferências. Não irão faltar opções para você ornamentar seu jardim ou sua casa. Continue lendo para saber mais.

Melhores arbustos para paisagismo:
Esses vegetais contam com variados estilos e particularidades, portanto não é uma tarefa difícil encontrar aquele que deixe a paisagem do seu jardim mais harmoniosa. A seguir, você descobrirá quais espécies dessas plantas são mais adequadas e atrativas para constituir os mais diversos e lindos cenários em qualquer lugar do mundo.


Spiraea do Japão

Esse arbusto é ótimo para solos rochosos e de pouca umidade, não ultrapassa 1 metro e meio de altura e mesmo necessitando de luz solar constante, resiste bem às fases de invernos mais intensos. As suas flores são de uma delicada coloração rosa e branco ou em alguns casos na cor framboesa.

A espécie é uma das queridinhas dos paisagistas por ser versátil e de fácil cultivo, além de ter ótima capacidade de renovação após as podas. Ainda vale ressaltar o fato de que podem durar até 40 anos se bem cultivadas.


Lilás Comum

Podendo ser plantado em solo de calcário ou argiloso, é considerado um arbusto de grande porte e chega a alcançar de 3 a 7 metros de altura. Necessita de sol pleno ou sombra parcial. Embora tenha tamanho maior, é necessário apenas uma poda por ano.

Paisagistas também costumam incluí-lo em projetos pela sua versatilidade. Suas flores variam entre diferentes tons de púrpura e este é com certeza um arbusto da primavera, pois é nessa época do ano que oferece um show de beleza e aroma.


Roseira

Apesar dos seus espinhos, as muitas variações de roseiras encantam pela sua beleza e aroma. Por existirem inúmeras variedades delas, o plantio pode ser feito mesmo em diferentes regiões com climas variados, desde que em solos férteis e com boa drenagem.

Como os arbustos oferecem uma beleza clássica e sofisticada e seu tamanho não ultrapassa os 2 metros, são comumente usados pelos paisagistas na ornamentação.

Possui cores variadas que vão desde o branco até tons mais escuros, como o vermelho. A primavera é a época perfeita para floração, mas algumas espécies, se bem cultivadas, podem florescer boa parte do ano.


Escudo persa

Com folhas texturizadas e em tons de roxo e verde, essa planta geralmente não costuma ter porte maior que 1 metro. É necessário para o plantio um solo abundante em matéria orgânica que não empoce água, mas que mesmo assim permaneça úmido.

Ao que se indica seu cultivo é mais aproveitado em áreas tropicais, sendo mais difícil ter sucesso no cultivo em regiões de clima frio.

Esse arbusto é um dos mais utilizados pelos paisagistas quando se trata de baixo custo de manutenção e versatilidade, pois acaba servindo de complemento para oferecer contraste e destaque a outras plantas.
Arbustos mais utilizados no paisagismo:
Assim como muitas coisas no mundo, existem alguns tipos de arbustos que são mais desejados pelos paisagistas por oferecer mais glamour aos e versatilidade aos cenários. Logo abaixo você irá conhecer quais os mais utilizados nas ornamentações, aqueles que qualquer paisagista irá pensar como preferidos para suas escolhas.


Hortênsia

Com floração indo da primavera ao outono esses arbustos costumam ser muito escolhidos para ornamentação devido a sua floração linda e única. São tons de azul muito especiais que não são comuns em outras flores. Não é considerada uma planta de grande porte, pois não ultrapassa os 3 metros de altura.

Mais comumente cultivada em regiões de climas temperados e subtropicais, a hortênsia precisa de solo rico e úmido para se desenvolver plenamente. A curiosidade é que seu azul único costuma aparecer apenas em solos mais ácidos, que é a situação do solo Brasileiro.


Fúcsia

Esse é outro arbusto muito utilizado no paisagismo pelo seu grande valor ornamental. Seu tamanho não ultrapassa mais que 3 metros e deve ser cultivado na sombra, mas em ambiente iluminado.

A floração acontece durante o outono e ainda permanece algum tempo durante o inverno, quando desabrocham belas flores com cores exuberantes, sendo mais comuns em tom de rosa e roxo, que por sua vez deu origem ao nome.

Não é considerada de difícil cultivo, preferindo solo úmido e com boa capacidade de drenagem. Com certeza é uma super escolha que agregará beleza em qualquer jardim.


Hebe

É considerada uma espécie de planta mais exigente, pois ela não se dá bem com os climas extremos, por exemplo. Embora resista bem a diferentes tipos de solos, eles precisam ser mais soltos e possuir boa capacidade de drenagem. Deve ficar em lugares luminosos, mas sem exposição direta à luz do sol.

A floração acontece em todo verão e também no outono, tem flores em lindos tons de azul, roxo e branco. Como não costumam crescer muito podem ficar lindos até mesmo em vasos, o que faz dos arbustos uma ótima escolha para ornamentações também no paisagismo de ambientes internos.


Viburno

Geralmente usado no paisagismo para cercas vivas, esse arbusto agrega beleza e sofisticação aos jardins. Existem muitas espécies com diferentes estilos de flores bem sutis, mais comuns em tons de rosa ou branco. No caso das cercas, é necessário podas mais específicas para ficarem na forma desejada.

São muito resistentes aos ambientes urbanos e alguns tipos toleram as regiões mais áridas. Não são muito exigentes em relação ao solo, desde que sejam moderadamente férteis, e preferem o sol pleno. Essa planta é muito resistente e não costuma sofrer com ataques de pragas.
Fonte: https://portalvidalivre.com/articles/227

Próximo Arbustos de sombra para paisagismo
https://portalvidalivre.com/articles/227





Compartilhar:



Guia: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  


Mostre seus produtos para o público certo!
Destaque-se no mercado de paisagismo


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp +55(32)3217-1501
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!