Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Agricultura urbana, um sonho possível? Dragonfly

Autor: Regina Motta - Data: 31/03/2010
RSS

Consegue imaginar um projeto de agricultura urbana, vertical, em plena New York?
Parece impossível, mas um arquiteto belga Vincent Callebaut ousou criar um projeto que visa integrar a agricultura urbana à cidade.



Partindo da previsão das Nações Unidas de que em 2025 a população mundial quase que duplicará, ele cria um sistema em que as cidades se tornam auto-suficientes, peritas em reciclagem e em agricultura biológica.
Callebaut trabalha essencialmente em projetos de fim ecológico.


O arquiteto imagina um mundo ideal, em que cada habitante cultivaria os alimentos vegetais para seu consumo em um jardim gigantesco que haveria no centro de cada cidade.
O projeto do Dragonfly, um Central Park cultivado e vertical com uma área de 350 000m² que, além dos campos de cultivo, teria também escritórios e laboratórios. Produziria todos os alimentos necessários: carne, peixe, cereais, leite e ovos, distribuídos pelos diversos pisos do edifício que se assemelha a uma vela de uma nau.



Apesar de Dragonfly não ser, de todo, exequível, funciona como mais uma chamada de atenção para a falta de sustentabilidade do nosso estilo de vida, e é uma resposta à nossa necessidade de produção intensiva, mas também, ecológica.



No entanto, a FAO (Organização para a Agricultura e Alimentação) afirma desde 2007 que seria possível produzir agricultura orgânica em grande escala, se considerássemos os espaços urbanos. Haverá esperança?



Fonte: http://obviousmag.org/linkrchives/2010/03/dragonfly-_a_utopia_da_agricultura_urbana.html#ixzz0iY4JMbAR

Leia também:

Minhocasa - aproveite o lixo doméstico para suas plantas de jardins e paisagismo

A revolta do ipê

Pegadas ecológicas

E você, o que já está fazendo para colaborar com o planeta?




Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar

  

Comentários

08/04/2010

Eu queria ter projetado isto !

A idéia é ótima, o projeto também.

Além do mais, o cara se esforçou pacas pra desenhar com este acabamento um projeto que não deve sair do papel. Ele exagerou muito no tamanho também, o prédio ficou maior que o Empire States (que aparece pequenininho na última imagem).

Mas é um design matador para uma idéia muito antiga, construiram uns jardins suspensos na babilônia uns 2500 anos atrás. Eles, no meio do deserto, também tinham falta de alimento e agua.

Nós temos tecnologia pra solucionar tudo, ha muito tempo, falta boa vontade. ;)

07/04/2010

Achei a idéia maravilhosa.Precisamos começar a pensar no futuro,nas gerações futuras,em nossas crianças.
Essa idéia deveria ser adotada por todas as nações.Há necessidade de providências urgente em todo o planeta.

07/04/2010

Você tem toda razão, Nina. Toda iniciativa que vise a sustentabilidade deve ser bem vinda!

07/04/2010

o simbolismo do arquiteto, vai além da urbanidade ou da estética projetual, é um convite ao cidadão a pensar para fora de si mesmo,para fora da cidade principalmente. Pois as soluções ecológicas sustentáveis são ecossistêmicas, e devem ser pensadas como um todo, enquanto meio urbano em relação aos agroecossistemas. Mas infelizmente as cidades, os cidadãos e seus mecanismos de controle, ainda são medievais, e parecem ignorar a dimensão de seu território, não integrando, planejando, pensando ou vivenciando ou subsidiando a paisagem já modificada, que os cerca.


7 Visões
Mostre seus produtos para o público certo!


Cadastre-se Grátis
Conversar no Whatsapp
X

Receber alertas das publicações do site


Que tal se manter sempre informado das novidades do mundo do paisagismo? Informe seus dados para mantermos contato!