Quer aparecer aqui?  Veja Como


Ano
Pesquisar

Paisagismo do futuro: cidade florestal

Autor: Regina Motta - Data: 03/07/2017
RSS


O que parece uma utopia, um projeto visionário, está prestes a ser realizado! Pode ser esta uma alternativa para o futuro próximo. A poluição do ar já é uma realidade nas cidades de todo o mundo não só na China, onde é mais concentrada.



O arquiteto italiano Stefano Boeri projetou uma "cidade florestal" que será construída em Liuzhou, uma área montanhosa no sul da China. Ele pretende criar uma cidade inteira, onde os escritórios, lojas, restaurantes e residências serão cobertos de vegetação para combater a poluição do ar.

Notícias divulgadas em várias publicações de renome mundial, como como Inhabitat e Designboom informam que a Liuzhou Forest City terá capacidade para 30 mil pessoas e será coberto com 40 mil árvores e 1 milhão de plantas.



Mais de cem espécies serão incorporadas na vegetação, que estima absorver quase 10 mil toneladas de CO2 e 57 toneladas de poluentes por ano. A cidade também produzirá 900 toneladas de oxigênio por ano e as plantas atuarão como barreira de som natural e agente de resfriamento.

Já em construção, a cidade está sendo preparada para 2020 e será conectada através de uma linha ferroviária rápida com carros elétricos. A solução inovadora e natural da Boeri para questões ambientais também beneficia a vida selvagem, pois as plantas são um habitat natural que permitirá que as populações de insetos, aves e animais floresçam.



Segundo seus idealizadores, a Liuzhou Forest City será autossuficiente em energia: fontes geotérmicas abastecerão os sistemas de refrigeração interiores e painéis solares instalados sobre todos os telhados captarão energia renovável para iluminar a cidade.

O renomado escritório de arquitetura italiano Stefano Boeri Architetti, que assina o projeto do famoso conjunto de prédios Bosco Verticale, em Milão e, mais recentemente, da primeira "floresta vertical" da China, composta por dois edifícios estilizados que trarão em suas fachadas 1100 árvores de 23 espécies locais. Estas duas torres serão construídas em Nanquim.



Esta preocupação em usar a arquitetura e o paisagismo como instrumentos para a proteção do meio ambiente e melhoria das condições ambientais das cidades é recorrente, como já relatamos em:
Já ouviu falar em "Baubotanik"? Casa do futuro?
Eco-City 2020: A cidade subterrânea
Nova York: Primeiro Parque Subterrâneo do Mundo
GORA GARDEN TOWER - Residencial de Luxo em Taipei






Fotos: Liuzhou Forest City (Stefano Boeri Architetti Milan/Shangha/Reprodução)

A notícia apareceu em sites como Inhabitat e Designboom.



Compartilhar:



e-Book gratuito: Como se destacar no mercado de paisagismo

Login Requerido

Fazer Login para comentar



Destaque-se no mercado de paisagismo
7 Visões
Programas de Computador para Paisagistas


Cadastre-se Grátis